quarta-feira, 29 de março de 2017

A vida se xampu-shampoo


Katherine Maritinko escreve para o Treehugger e aceitou o desafio do seu editor há 3 anos de abandonar o xampu. Começou a lavar o cabelo só com bicarbonato e vinagre de maçã. Era para durar 1 mês, mas ela adorou os resultados e se apegou a eles. O seu cabelo rebelde ficou menos frisado, menos oleoso e mais fácil de pentear.

Este modo simplificou toda a sua rotina de cuidar do cabelo, mas ela resolveu tentar um cuidado ainda mais natural: lavar só com água. Ela raciocinou que não há nada errado com a água. O mais estranho é retirarmos os óleos naturais do cabelo a cada dia ou dias com químicos pesados. Acontece que os óleos do cabelo são bons pare ele.

Arina Schwarz explica no seu website Paristo Go que não existe xampu na natureza, nem nas folhas, nas penas dos pássaros ou nas asas da borboleta, nas escamas dos peixes e a pele da baleia é autolimpante. Outras formas de vida utilizam organismos que não são tóxicos.

O  ingredientes do xampu retiram do cabelo seus óleos naturais e sinalizam ao couro cabeludo para produzir ainda mais.
Segundo o The Telegraph, o resultado é uma sobrecarga de óleo – cabelo oleoso – que tentamos resolver usando mais xampu. É um círculo vicioso e um golpe brilhante para a indústria de xampu, porque quanto você usa, mais tem necessidade de usar e mais frequentemente vai usá-lo.

A rotina sem xampu equilibra o PH (nível de acidez) do cabelo e descomplica:
  • Lavar com água morna
  • Massagear o couro cabeludo com os dedos para liberar o excesso de óleo. Quanto mais quente a água, mais propícia para eliminar a gordura capilar
  • Terminar com água fria para fechar os porox do couro cabeludo

Par melhor resultado:

  • Massagear diariamente com os dedos
  • Escovar com uma escova de cerdas  limpas entre as lavagens

O sucesso da rotina vai depender de quem a está usando. Depois de 40 dias de experiência , Katherine ainda não está certa dos resultados. Uma vantagem é o que o cabelo ficou mais liso, mas o cabelo ficou mais difícil de moldar porque não está tão macio como quando usava vinagre de maçã.
Uma coisa é certa, você vai economizar xampu e dar à oportunidade do seu cabelo de ser ele mesmo. Agora tem que experimentar e o ambiente agradece! 
Fonte: Treehugger 

terça-feira, 21 de março de 2017

22 MARÇO DIA DA ÁGUA - ÁGUA LIMPA SEM ÓLEO

Img Green Schools - Treviso
No Dia da Água, é bom lembrar de um problema que contribui para sério dano ao ambiente: o óleo usado que é jogado na rede de esgoto ou saneamento.

O óleo da fritura é na maioria das vezes jogado no ralo da pia, nos vasos sanitários ou no lixo orgânico comum. Todos estes meios de descarte contaminam o ambiente e poluem as águas, o solo e até o ar que respiramos.

Jogado na pia ou no vaso sanitário, o óleo passa pelos canos e fica retido em forma de gordura. Essa é a causa frenquente dos entupimentos da pia. A água também extravasa e entope na rede de esgoto e as estações de tratamento não funcionam direito. Para desentupir, usamos produtos químicos poluentes o que leva a mais poluição e gastos.

A sujeira e a falta de oxigênio

O custo do tratamento do óleo é caro e as ETEs , estações de tratamento não tratam o esgoto total e o óleo acaba chegando ao rios, mares e lagos. O óleo fica na superfície e impede a entrada da luz e oxigênio, além de matar espécies espécies aquáticas como o fitoplâncton que acredita-se ser responsevel por 98% do oxigênio da atmosfera terrestre.

1 Litro  de óleo > pode poluir 1 Milhão de Litros de água.

E as doenças?

O óleo nos canos também  atrai pragas como leptospirose, ferbre tifoide, cólera, salmonelose, hepatitis esquistossomose amebiase e giardiase.

O que fazer?

A melhor opção é colocar em garrafas PET ou recipientes plásticos com tampa e fazer a coleta seletiva do óleo, colocando-o  nas garrafas PET e destinando-as à reciclagem.

Obs: deixar o óleo esfriar para colocar na garrafa PET.

Fonte: Brasil Escola. 







-->

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

Estamos comendo plástico?

Muita gente, como eu, adora frutos do mar,  mas segundo novas pesquisas podemos estar ingerindo micro partículas de plástico que entram na corrente sanguínea com efeitos desconhecidos para a saúde.

Os fragmentos de plástico (microbeads), medindo menos de um milímetro de diâmetro, são amplamente encontrados em mexilhões, ostras e outros mariscos, além de peixes

Os cientistas calculam que mais de 99 por cento dos micro-plásticos passam pelo corpo humano, mas o resto é absorvido pelos tecidos corporais e vão se acumular no corpo ao longo do tempo.
 Qual os efeitos para a nossa saúde? Ainda não sabemos, mas estamos correndo risco de inflamação nos tecidos, intoxicação por liberação de elementos químicos 

Existem mais de cinco trilhões de pedaços de micro-plástico nos oceanos do mundo e o equivalente a um caminhão de lixo de resíduos de plástico está sendo adicionado ao mar a cada minuto!

O número 14 dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) propostos pela ONU é prevenir e reduzir significativamente a poluçoq marinha, incluindo os  detritos marinhos até 2025.


Não vamos esperar que a próxima geração nos cobre por deixarmos os mares poluídos, vamos começar logo a tirar o plástico das nossas vidas e a colocar o lixo plástico no lugar certo.

Fonte: EcoNews, 25/01/17
Imagem: Environment Health Perspectives 

terça-feira, 23 de agosto de 2016

AMAMENTAR É SUSTENTÁVEL!



Neste mês de agosto comemora-se a Semana Mundial da Amamentação. Este ano o tema da Aliança Mundial para a Ação para Amamentar, World Alliance Breastfeeding Action, WABA é a amamentação como chave para o  desenvolvimento sustentável .

 A UNICEF,  organização das Nações Unidas para as crianças, está defendendo pelo mundo afora a amamentação como alimentação exclusiva para recém nascidos, pelo menos nos 6 primeiros meses. Além de para fortalecer a imunidade do bebê e prevenir as doenças, amamentar não polui. 

O leite materno vem direto da mãe. Não usa nenhum meio de transporte e combustível para chegar até o bebê. Não passa por processo industrial, e não gasta energia para ser produzido.  Não tem embalagem nem aditivos químicos para conservação e principalmente nenhum componente de leite de vaca.

A criação de gado é o fator que mais gera problemas ao ambiente. Em geral, o gado ocupa uma área que foi desmatada e é alimentado com ração produzida com agrotóxicos fabricados com derivativos do petróleo. Só aí estão dois grandes problemas que contribuem para o aquecimento global: a derrubada de florestas que retiram o gás carbônico da atmosfera e a produção de petróleo que joga o CO2 na atmosfera.

Leite materno é 100% puro, natural é de graça.

A logo da Semana Mundial da Amamentação é uma tríade de dois adultos e um bebê, indicando a importância de se apoiar amamentação. Vamos apoiar uma das ações que faz a maior diferença para a preservação dos recursos naturais e para a saúde do bebê.

Se você é mamãe, pense nisso antes de desistir! 

quarta-feira, 4 de maio de 2016

BOLOS DE SALADAS – nova moda para a nossa saúde e a do planeta.


O Café Vegedeco Salad teve a genial ideia de vender saladas em formas de deliciosos bolos. A estreia aconteceu no dia 5 de abril de 2016, na cidade de Nagoya no Japão. O colorido irresistível dos bolos-saladas convida você a fazer parte do mais importante movimento para combater o aquecimento global: comer mais vegetais e carne, só de vez em quando. A criação de gado é responsável por 18% das emissões de gases de efeito estufa. Isso é mais do que o setor de transportes! 



A proposta do Café é que os pratos oferecidos sejam divertidos para se olhar e comer! Todas as saladas são feitas com receitas de baixo carboidrato e sem gluten.

Os bolos-saladas são perfeitos para comemorar eventos como aniversários, casamentos , festas e encontros entre amigos.

Uma nova moda que faz muito bem para a nossa saúde e para a saúde do planeta!

quarta-feira, 6 de abril de 2016

O QUE É QUE A BANANA TEM ?

Chegou o outono ainda com calor no Rio de Janeiro. Afinal estamos em época de aquecimento global, mas está um pouco mais fresco. É hora de retomar com  energia o trabalho e comer mais bananas!

Banana tem 
Vitamina C, 
Vitamina A, 
Ferro, Magnésio, Potássio, Zinco e Fluoreto.

Tem hidratos de carbono e de açúcar e dá muita energia! Também tem fibras dietéticas e muito pouca gordura.

São 10 benefícios para você aproveitar:

1. Impulsiona a capacidade cerebral.
2. Controla o nível do açúcar no sangue
3. Alivia o desconforto menstrual
4. Reduz inflamações de picadas de mosquito
5. Previne anemia
6. Promove ossos saudáveis
7. Reduz a depressão
8. Diminui o risco de doenças de hipertensão
9. Regula o intestino

10. Ajuda pessoas com úlceras.

Fonte: Health Tips.